Área de alunos

Fusão nuclear: Energia limpa e infinita

Nesta terça-feira (13) o Departamento de Energia dos Estados Unidos e a Administração Nacional de Segurança Nuclear do DOE (NNSA) fizeram um anúncio oficial de que cientistas conseguiram produzir energia a partir de fusão nuclear.

O experimento é um marco histórico. Resultado da tentativa de criar uma fonte de energia limpa e ilimitada.

“A principal missão do Escritório de Energia Nuclear do Departamento de Energia é promover a energia nuclear como um recurso capaz de fazer grandes contribuições para atender às necessidades de abastecimento de energia, meio ambiente e segurança energética de nosso país. Concentrando-se no desenvolvimento de tecnologias nucleares avançadas, a NE (Nuclear Energy, em tradução Energia Nuclear) apoia as metas do governo de fornecer fontes domésticas de energia segura, reduzir os gases do efeito estufa e aumentar a segurança nacional.” – Departamento de Energia dos Estados Unidos.

Você acha que aprender inglês está tomando muitas horas do seu dia?

Facilite com o Método RRSLG estudando 30 minutos por dia.

O que é fusão nuclear?

Fusão nuclear é a reação nuclear que ocorre quando dois núcleos atômicos se fundem para formar um núcleo mais pesado. Essa reação produz grandes quantidades de energia. Esse tipo de energia não gera resíduos radioativos a longo prazo, desse modo sendo o tipo mais limpo. A fusão nuclear é a fonte de energia que mantém as estrelas, como o Sol, ativas, desse modo sendo muito importante no nosso dia a dia.

“Esta é uma conquista marcante para os pesquisadores e funcionários do National Ignition Facility que dedicaram suas carreiras para ver a ignição por fusão se tornar uma realidade, e este marco sem dúvida desencadeará ainda mais descobertas” diz a secretária de energia dos EUA, Jennifer M. Granholm

Energia Nuclear

A equipe científica do National Ignition Facility do Lawrence Livermore National Laboratory, na Califórnia, fez o experimento em 5 de dezembro.

No teste foram colocados 2,05 megajoules de energia em um alvo, o que resultou  em 3,15 MJ de saída de energia de fusão. Ou seja, gerando 50% a mais da energia inicial.

O sucesso do experimento é um grande avanço científico em desenvolvimento que abrirá o caminho para avanços na defesa nacional e o futuro da energia limpa

Seu Idioma Notícias

Seu Idioma Notícias

Equipe de redação da Seu Idioma. Todos os conteúdos são revisados por professores e atualizados periodicamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
popup melhores cursos

Hey! Não desista de aprender inglês!

Veja o ranking dos melhores cursos de inglês 🗽

Quer aprender inglês mas não sabe onde estudar? Conheça nosso ranking oficial com os melhores cursos de inglês do mercado em 2024.