Área de alunos

Inglês britânico e americano

Embora não afete de modo geral a compreensão, o sotaque britânico e americano possuem sensíveis diferenças na pronúncia.A pronúncia em algumas ex-colônias inglesas, especialmente as da Oceania, são quase idênticas às do Reino Unido. O sotaque americano tem os sons mais abertos e muitas vezes anasalados.
Inglês americano e britânico

Compartilhe

Inglês britânico e americano

O inglês é uma das línguas mais populares e utilizadas no mundo. Porém, o inglês não é uma língua homogênea, e existem diferentes variações que são faladas em diferentes regiões do mundo. As duas variações mais conhecidas do inglês são o inglês britânico e o inglês americano.

O inglês britânico é o tipo de inglês que é falado na Grã-Bretanha, enquanto o inglês americano é falado nos Estados Unidos. 

As diferenças entre essas duas variações do inglês não são apenas em termos de pronúncia, mas também em termos de vocabulário, gramática e ortografia. 

Neste artigo, vamos discutir as principais diferenças entre o inglês britânico e americano.

As escolas de inglês não querem que você conheça esse método!

Facilite com o Método RRSLG estudando 30 minutos por dia.
Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo

Diferenças entre inglês britânico e americano

Embora não afete de modo geral a compreensão, o sotaque britânico e americano possuem sensíveis diferenças na pronúncia.

A pronúncia em algumas ex-colônias inglesas, especialmente as da Oceania, são quase idênticas às do Reino Unido.

O sotaque americano tem os sons mais abertos e muitas vezes anasalados. Por exemplo, “can’t” no inglês americano seria /kænt/. No britânico, por sua vez, ficaria /kɑːnt/.

Toda palavra que termina com “er” se pronuncia com som próximo ao “a” no inglês britânico.

O “r” no meio e no fim das palavras, como em “park” ou “river”, fica, na maioria das regiões da Inglaterra, sem som nenhum. Nos EUA, essa letra tem uma pronúncia forte.

As diferenças entre o inglês britânico e americano são muitas, mas algumas das diferenças mais comuns são: Vocabulário, Ortografia, Pronúncia e Gramática.

Palavras diferentes em inglês britânico e americano

Existem muitas palavras que são diferentes em inglês britânico e americano. Algumas das diferenças mais comuns incluem:

Inglês britânicoInglês americano
LiftElevator
FlatApartment
BootTrunk
BiscuitCookie
TrousersPants
PetrolGasoline
PavementSidewalk
FootballSoccer

Diferenças na gramática britânica e americana

Imagem com metade da bandeira dos estados unidos e metade da inglaterra

A gramática também é diferente em inglês britânico e americano. Algumas das diferenças mais comuns incluem:

Concordância verbal

Em inglês britânico, a concordância verbal é diferente em comparação com o inglês americano. Em inglês britânico, a concordância verbal é baseada no plural coletivo, enquanto em inglês americano, a concordância verbal é baseada no número singular ou plural. Por exemplo:

  • Inglês britânico: The team are playing well. (O time está jogando bem.)
  • Inglês americano: The team is playing well. (The team is playing well.)

Uso de have e have got

Em inglês britânico, é comum usar a forma reduzida “have got” em vez de apenas “have”. Em inglês americano, no entanto, o uso de “have got” é menos comum. Por exemplo:

  • Inglês britânico: I’ve got a headache. (Eu estou com dor de cabeça.)
  • Inglês americano: I have a headache. (Eu estou com dor de cabeça.)

Present perfect

O tempo verbal presente perfeito também é diferente em inglês britânico e americano. Em inglês britânico, é comum usar o presente perfeito para descrever uma ação que ocorreu recentemente e que ainda tem uma conexão com o presente. 

Em inglês americano, no entanto, é comum usar o passado simples. Por exemplo:

  • Inglês britânico: I’ve just eaten lunch. (Acabei de almoçar.)
  • Inglês americano: I just ate lunch. (Acabei de almoçar.)

Inglês britânico e americano – Qual devemos escolher?

A escolha depende do que temos disponível ao nosso alcance. No Brasil, a quantidade de material e de cursos que focam no inglês americano são maiores, o que obviamente leva a maioria a focar nessa variante.

Mas, a cultura inglesa também está presente no Brasil e alguns praticam e gostam de desenvolver o sotaque britânico.

Se vamos trabalhar ou estudar na Inglaterra, é natural que sejamos influenciados pelo sotaque britânico e tenhamos mais afinidade com os nativos de lá. E vice-versa, no caso de trabalharmos ou convivermos com americanos.

Independentemente da sua escolha, é muito importante que você realize um curso de inglês qualificado para garantir um aprendizado eficaz.

Como lidar com as diferenças de sotaque?

Seja qual for a escolha, é possível se comunicar perfeitamente com o mundo todo. E não faz sentido discriminar esse ou aquele sotaque, afinal o idioma é o mesmo para todos.

O inglês britânico e americano não são os únicos, mas os principais. Até mesmo dentro dos EUA e Reino Unido, cada região tem suas nuances e particularidades.

Além desses, temos o australiano, canadense, irlandês, etc. E como o inglês é uma língua globalizada, outros países, como Rússia, Japão, Índia e Arábia Saudita, vão trazer uma outra variedade de sotaques.

Mas as diferenças entre o sotaque britânico e americano não se limitam somente à pronúncia, se aplicam também ao vocabulário, ortografia e estruturas gramaticais.

Tais diferenças são comparáveis (a grosso modo), às diferenças entre o português de Portugal e o do Brasil.

Existem palavras escritas em português que são muito parecidas com as do inglês.

No entanto, muitas delas têm significados diferentes do que imaginamos. Para saber quais são elas, leia o artigo Falsos Cognatos e seu verdadeiro significado.

Perguntas frequentes sobre inglês britânico e americano

Qual a diferença do inglês britânico e americano?

A principal diferença entre o inglês britânico e americano é a pronúncia, o vocabulário e a gramática. Em termos de pronúncia, o inglês britânico é geralmente mais “suave” e as palavras são pronunciadas com mais ênfase nas vogais, enquanto o inglês americano tem uma pronúncia mais enfática e as palavras são geralmente pronunciadas com mais ênfase nas consoantes.

Qual é o inglês mais fácil de entender?

O inglês mais fácil de entender depende do seu nível de proficiência em inglês e de onde você está acostumado a ouvir e falar inglês. Para falantes de português, por exemplo, pode ser mais fácil entender o inglês americano. Entenda mais!

Qual mais fácil inglês americano ou britânico?

Novamente, isso depende do indivíduo. Alguns podem achar o inglês britânico mais fácil de entender devido à sua pronúncia mais suave e ênfase nas vogais, enquanto outros podem preferir o inglês americano por estar mais familiarizado com ele devido à sua presença constante em filmes, programas de TV e músicas. Veja palavras aqui!

Onde se fala o inglês britânico?

O inglês britânico é falado principalmente no Reino Unido, incluindo Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. Também é falado em outras partes do mundo, como em países da Commonwealth, incluindo Austrália, Nova Zelândia, Canadá e África do Sul. Saiba mais!

Esse artigo foi útil para você? 🤔
Deixe seu comentário!

Nos siga:

Seu Idioma

Seu Idioma

Equipe de redação da Seu Idioma. Todos os conteúdos são revisados por professores e atualizados periodicamente.

Separamos mais esses artigos para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

É por isso que você não aprende inglês...

Reproduzir vídeo