Área de alunos

Gramática Inglesa: Guia completo – Regras, exemplos e dicas

A gramática da língua inglesa é composta pelas regras que regem a estrutura e o uso da língua. Essas regras são divididas em duas grandes categorias: a morfologia, que trata das formas das palavras, e a sintaxe, que trata da ordem das palavras dentro das frases.
Grammar

Compartilhe

A língua inglesa é uma das mais importantes no mundo, sendo falada por mais de 1 bilhão de pessoas. Além disso, ela é amplamente utilizada em contextos profissionais, acadêmicos e culturais em todo o mundo.  Por essa razão, é essencial ter um bom domínio da gramática inglesa, tanto para a comunicação oral quanto escrita.

Neste guia completo de gramática inglesa, abordaremos as partes da gramática inglesa, as regras mais importantes, exemplos práticos e dicas para aprender e melhorar seu domínio da língua inglesa.

As escolas de inglês não querem que você conheça esse método!

Facilite com o Método RRSLG estudando 30 minutos por dia.
Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo

O que é Gramática Inglesa?

A gramática inglesa é o conjunto de regras e estruturas que governam o uso correto da língua inglesa. Essas regras incluem a formação de frases, a colocação de palavras na frase, o uso correto de tempos verbais, pronomes, substantivos, adjetivos e outras partes do discurso.

Lousa com palavras em inglês

Partes da Gramática Inglesa

Para ter um bom domínio da gramática inglesa, é importante conhecer as diferentes partes da gramática inglesa. As principais partes da gramática inglesa são:

Verbos

Os verbos são palavras que indicam ação, estado ou ocorrência. Eles são usados ​​para descrever o que uma pessoa, animal ou objeto está fazendo ou o que está acontecendo com eles. 

Os verbos em inglês podem ser conjugados em diferentes tempos verbais, como presente, passado e futuro.

Verbo to be

É um dos verbos mais importantes da língua inglesa, usado para expressar a existência, identidade e estado de ser. Na forma afirmativa, a conjugação do verbo “to be” é “am” (para I), “is” (para ele, ela e isso) e “are” (para você, nós, eles e elas).

Exemplo: I am a teacher. (Eu sou um professor.)

Verbo to be no passado

A conjugação do verbo “to be” no passado é “was” (para eu, ele, ela, isso) e “were” (para você, nós, eles, elas).

Exemplo: She was happy yesterday. (Ela estava feliz ontem.)

Verbo to be no futuro

Para formar o tempo futuro do verbo “to be”, utiliza-se o verbo auxiliar “will” antes do verbo “to be”. A conjugação do verbo “to be” no futuro é “will be”.

Exemplo: They will be here tomorrow. (Eles estarão aqui amanhã.)

Verbos auxiliares em inglês

São verbos usados para ajudar na formação de tempos verbais, perguntas e negações. Os verbos auxiliares mais comuns em inglês são “to be”, “to do” e “to have”.

Exemplo: I have been studying for two hours. (Eu tenho estudado por duas horas.)

Verbos regulares e irregulares em inglês

Os verbos regulares em inglês formam o passado e o particípio passado adicionando “-ed” ao infinitivo. Os verbos irregulares têm formas diferentes para o passado e o particípio passado e devem ser aprendidos individualmente.

Exemplo: O verbo “to talk” é regular, então sua forma no passado e no particípio passado é “talked”. O verbo “to go” é irregular, então sua forma no passado é “went” e no particípio passado é “gone”.

Verbo to have

É um verbo usado para expressar posse ou experiência passada. Na forma afirmativa, a conjugação do verbo “to have” é “have” (para I, você, nós e eles) e “has” (para ele, ela e isso).

Exemplo: She has a car. (Ela tem um carro.)

Substantivos

Os substantivos são palavras que nomeiam pessoas, lugares, coisas, ideias e conceitos. Eles podem ser singulares ou plurais e podem ser classificados em comuns, próprios, abstratos e coletivos.

Adjetivos

Os adjetivos são palavras usadas para descrever ou modificar um substantivo ou pronome. Eles podem indicar a cor, tamanho, forma, estado, origem, personalidade, entre outros aspectos.

Adjetivos possessivos em inglês

Os adjetivos possessivos em inglês indicam posse ou pertencimento, e são usados antes de um substantivo para indicar a quem algo pertence. Os adjetivos possessivos em inglês concordam em gênero e número com o substantivo que eles modificam.

Exemplos:

  • My car (Meu carro)
  • Your house (Sua casa)
  • His book (Seu livro – pertence a ele)
  • Her dog (Seu cachorro – pertence a ela)
  • Its tail (Sua cauda – pertence ao animal)

Lista completa de adjetivos possessivos em inglês:

  • My (Meu, minha, meus, minhas)
  • Your (Seu, sua, seus, suas)
  • His (Dele)
  • Her (Dela)
  • Its (Dele/Dela, usado para objetos e animais)
  • Our (Nosso, nossa, nossos, nossas)
  • Their (Deles, delas)

Ordem dos adjetivos em inglês

Em inglês, os adjetivos geralmente seguem uma ordem específica quando são usados para descrever um substantivo. Essa ordem é:

  • Determiner (um artigo definido ou indefinido, ou outro determinante)
  • Observação (opinião ou julgamento)
  • Tamanho
  • Forma
  • Idade
  • Cor
  • Origem
  • Material
  • Finalidade

Por exemplo, a ordem correta dos adjetivos em inglês para descrever uma cadeira seria:

A wooden (determiner) comfortable (observação) old (idade) antique (origem) chair.

Observe que a ordem pode variar dependendo do contexto e das circunstâncias, mas geralmente segue essa estrutura.

Advérbios

Os advérbios são palavras que modificam um verbo, um adjetivo ou outro advérbio. Eles são usados ​​para descrever a maneira como uma ação é realizada, como uma pessoa está se sentindo ou a frequência com que uma ação ocorre.

Comparativo e superlativo em inglês

Comparativo e superlativo em inglês são formas usadas para comparar duas ou mais coisas. O comparativo é usado para comparar duas coisas, enquanto o superlativo é usado para comparar três ou mais coisas.

Comparativo:

Existem duas formas principais de construir o comparativo em inglês: usando “-er” no final do adjetivo para adjetivos curtos (com uma ou duas sílabas) e adicionando “more” antes do adjetivo para adjetivos longos (com três ou mais sílabas).

Exemplos:

  • John is taller than Peter. (John é mais alto que Peter.)
  • This book is more interesting than the other one. (Este livro é mais interessante do que o outro.)

Quando se trata de adjetivos irregulares, é preciso lembrar que eles não seguem essas regras. Por exemplo:

  • Good – better (bom – melhor)
  • Bad – worse (ruim – pior)
  • Far – farther/further (longe – mais longe/distantes)

Superlativo:

Existem duas formas principais de construir o superlativo em inglês: usando “-est” no final do adjetivo para adjetivos curtos e adicionando “most” antes do adjetivo para adjetivos longos.

Exemplos:

  • Sarah is the tallest girl in her class. (Sarah é a menina mais alta de sua turma.)
  • This is the most interesting book I’ve ever read. (Este é o livro mais interessante que já li.)

Da mesma forma que acontece com o comparativo, existem adjetivos irregulares que têm formas próprias de superlativo, por exemplo:

  • Good – best (bom – melhor)
  • Bad – worst (ruim – pior)
  • Far – farthest/furthest (longe – mais distante)

É importante lembrar que, em algumas situações, é possível usar “more” ou “most” com adjetivos curtos, mas isso geralmente é considerado menos natural ou formal do que usar as formas regulares de comparativo e superlativo.

Preposições

As preposições são palavras usadas para conectar outras palavras em uma frase. Elas indicam a relação entre duas coisas na frase, como localização, direção, tempo, entre outras.

In, on, at

“In”, “on” e “at” são preposições que são usadas para indicar tempo, lugar ou posição em inglês.

“In” é usado para indicar uma posição dentro de um espaço fechado ou limitado, um período de tempo, um mês, uma estação ou um ano.

Exemplos:

  • I live in Brazil. (Eu moro no Brasil.)
  • I have a meeting in 30 minutes. (Eu tenho uma reunião daqui a 30 minutos.)
  • My birthday is in December. (Meu aniversário é em dezembro.)
  • It’s very hot in the summer. (Faz muito calor no verão.)

“On” é usado para indicar uma posição em cima de algo, um dia específico ou um feriado.

Exemplos:

  • The book is on the table. (O livro está na mesa.)
  • I have a meeting on Monday. (Eu tenho uma reunião na segunda-feira.)
  • We celebrate Christmas on December 25th. (Nós celebramos o Natal no dia 25 de dezembro.)

“At” é usado para indicar um ponto específico no tempo ou espaço.

Exemplos:

  • I will meet you at the restaurant. (Eu vou te encontrar no restaurante.)
  • The concert starts at 8 PM. (O show começa às 8 da noite.)
  • I work at a hospital. (Eu trabalho em um hospital.)

Modal verbs

Modal verbs são verbos auxiliares que são usados para expressar diferentes ideias, tais como possibilidade, obrigação, permissão, capacidade, entre outras. Os modal verbs mais comuns em inglês são:

  • Can (poder)
  • Could (poderia)
  • May (poder, permissão)
  • Might (poderia, possibilidade)
  • Must (dever, obrigação)
  • Should (dever, aconselhável)
  • Will (vontade, futuro)
  • Would (vontade, condicional)

Exemplos:

  • I can speak English fluently. (Eu posso falar inglês fluentemente.)
  • Could you pass me the salt, please? (Você poderia me passar o sal, por favor?)
  • May I use the restroom? (Posso usar o banheiro?)
  • She might come to the party later. (Ela talvez venha para a festa mais tarde.)
  • You must be quiet in the library. (Você deve ficar quieto na biblioteca.)
  • I should study more for the exam. (Eu deveria estudar mais para a prova.)
  • We will go to the beach next weekend. (Nós vamos para a praia no próximo fim de semana.)
  • If I had more time, I would travel more. (Se eu tivesse mais tempo, eu viajaria mais.)

Of em inglês

“Of” é uma preposição em inglês que pode ser usada para indicar posse, origem ou conteúdo.

Exemplos:

  • This is the car of my sister. (Este é o carro da minha irmã.)
  • The capital of Brazil is Brasília. (A capital do Brasil é Brasília.)
  • I drank a glass of water. (Eu bebi um copo de água.)

Of e Off

“Of” e “off” são duas palavras diferentes em inglês que são pronunciadas de forma semelhante, mas têm significados diferentes. “Of” é uma preposição, enquanto “off” é um advérbio ou uma preposição.

“Of” é usado para indicar posse, origem ou conteúdo.

Exemplos:

  • This is the car of my sister. (Este é o carro da minha irmã.)
  • The capital of Brazil is Brasília. (A capital do Brasil é Brasília.)
  • I drank a glass of water. (Eu bebi um copo de água.)

“Off” é usado para indicar uma separação, desligamento ou afastamento.

  • Turn off the lights when you leave the room. (Apague as luzes quando sair do quarto.)
  • The bus driver dropped me off at the station. (O motorista do ônibus me deixou na estação.)
  • I took a day off from work to rest. (Eu tirei um dia de folga do trabalho para descansar.)

É importante lembrar que, apesar de terem pronúncias semelhantes, “of” e “off” são palavras diferentes e devem ser usadas de forma correta para evitar confusões ou erros de compreensão.

Conjunções

As conjunções são palavras usadas para conectar duas partes de uma frase ou duas frases. Elas podem ser coordenativas, subordinativas ou correlativas.

Linking words

Linking words, também conhecidas como palavras de conexão ou conectivos, são palavras ou expressões que são utilizadas para conectar ideias, frases ou parágrafos em um texto. 

Elas ajudam a dar fluidez e coerência ao texto, permitindo que o leitor compreenda melhor a relação entre as informações apresentadas.

Regras da Gramática Inglesa

Existem várias regras importantes na gramática inglesa que você deve conhecer para falar e escrever corretamente em inglês. Aqui estão algumas das regras mais importantes:

Regência verbal

A regência verbal é a relação entre um verbo e seus complementos. Alguns verbos precisam de um objeto direto, enquanto outros precisam de um objeto indireto. Por exemplo, o verbo “give” requer um objeto direto (o que é dado) e um objeto indireto (para quem é dado): “I give a book to my friend” (Eu dou um livro para meu amigo).

Concordância nominal

A concordância nominal refere-se à correspondência entre o gênero e o número de um substantivo e seu adjetivo. Por exemplo, se o substantivo for feminino e singular, o adjetivo deve ser feminino e singular também: “She is a beautiful girl” (Ela é uma garota bonita).

Concordância verbal

A concordância verbal é a correspondência entre o verbo e o sujeito da frase. O verbo deve concordar em número e pessoa com o sujeito da frase. Por exemplo, se o sujeito for singular, o verbo deve estar no singular: “He plays football” (Ele joga futebol).

Pronomes em inglês e seu uso correto

Os pronomes em inglês são usados ​​para substituir um substantivo na frase. É importante usar o pronome correto para evitar erros gramaticais e de significado. Por exemplo, “she” é usada para se referir a uma mulher e “he” para se referir a um homem.

Pronomes pessoais em inglês

São utilizados para se referir a pessoas ou coisas e distinguem a pessoa que fala, a pessoa com quem se fala e a pessoa ou coisa de que se fala. Os pronomes pessoais em inglês são:

  • I (eu)
  • You (você, tu)
  • He (ele)
  • She (ela)
  • It (ele/ela para coisas e animais)
  • We (nós)
  • You (vocês, vocês)
  • They (eles/elas)

Pronome possessivo em inglês

Indicam a posse ou pertencimento de algo ou alguém. Os pronomes possessivos em inglês são:

  • My (meu/minha/meus/minhas)
  • Your (seu/sua/seus/suas – quando utilizado com “you” pode ser singular ou plural)
  • His (dele)
  • Her (dela)
  • Its (dele/dela – para coisas e animais)
  • Our (nosso/nossa/nossos/nossas)
  • Your (seu/sua/seus/suas – quando utilizado com “you” pode ser singular ou plural)
  • Their (deles/delas)

Pronomes reflexivos em inglês

São utilizados para se referir a uma ação que é realizada e recebida pela mesma pessoa ou coisa. Os pronomes reflexivos em inglês são:

  • Myself (eu mesmo/a mesma)
  • Yourself (você mesmo/a mesma)
  • Himself (ele mesmo)
  • Herself (ela mesma)
  • Itself (ele/ela mesmo/a mesma – para coisas e animais)
  • Ourselves (nós mesmos/as mesmas)
  • Yourselves (vocês mesmos/as mesmas)
  • Themselves (eles mesmos/elas mesmas)

Demonstrative pronouns

São utilizados para indicar um objeto ou pessoa específica e sua localização. Os demonstrative pronouns em inglês são:

  • This (este/esta/isto)
  • These (estes/estas)
  • That (aquele/aquela/aquilo)
  • Those (aqueles/aquelas)

Relative pronouns

São utilizados para conectar duas frases e indicar uma relação de dependência entre elas. Os relative pronouns em inglês são:

  • Who (quem)
  • Whom (quem – em contexto mais formal)
  • That (que/quem)
  • Which (que/o qual/os quais/as quais)
  • Whose (cujo/cuja/cujos/cujas)

Tempos verbais

Os tempos verbais indicam quando uma ação ocorreu ou irá ocorrer. O inglês tem vários tempos verbais, como presente, passado, futuro, presente contínuo, passado continuo, futuro continuo, entre outros.

Simple present

Usado para falar de ações habituais ou verdades universais.

Present continuous

Usado para falar de ações que estão acontecendo no momento da fala.

Present perfect

Usado para falar de ações que começaram no passado e ainda estão em andamento ou que foram concluídas recentemente.

Present perfect continuous

Usado para falar de ações que começaram no passado e ainda estão em andamento, enfatizando a duração da ação. 

Simple past

Usado para falar de ações que ocorreram em um momento específico no passado.

Past continuous

Usado para falar de ações que estavam em andamento em um momento específico no passado.

Past perfect

Usado para falar de ações que ocorreram antes de outra ação no passado. 

Past perfect continuous

Usado para falar de ações que estavam em andamento antes de outra ação no passado, enfatizando a duração da ação.

Simple future

Usado para falar de ações que ocorrerão no futuro.

Future continuous

Usado para falar de ações que estarão em andamento em um momento específico no futuro. 

Future perfect

Usado para falar de ações que estarão concluídas antes de outra ação no futuro. 

Future perfect continuous

Usado para falar de ações que estão em andamento antes de outra ação no futuro, enfatizando a duração da ação.

Phrasal verbs

Os phrasal verbs são verbos compostos por um verbo e uma ou mais partículas. Eles têm um significado diferente do verbo original e podem ser difíceis de entender e usar corretamente. Por exemplo, “to look up” significa pesquisar ou consultar algo.

Catch up

Colocar-se em dia, alcançar alguém ou algo que está à frente.

  • Exemplo: “I need to catch up with my emails before I leave work today.”

Call off

Call off: cancelar algo que estava agendado ou planejado.

  • Exemplo: “They had to call off the meeting due to a power outage.”

Back up

Fazer uma cópia de segurança de algo, ou se afastar para deixar espaço para outra pessoa ou veículo.

  • Exemplo: “Be sure to back up your important files to avoid losing them.”

Make up

Inventar uma história ou desculpa, ou ainda compor algo como uma música ou uma história.

  • Exemplo: “She had to make up an excuse for being late to the party.”

Find out

Descobrir algo, obter informações sobre algo que não se sabia anteriormente.

  • Exemplo: “I need to find out if the restaurant is still open before we go there.”

Figure out

Entender algo, resolver um problema ou mistério.

  • Exemplo: “I need to figure out how to fix this before the deadline.”

Run into

Encontrar alguém ou algo inesperadamente, muitas vezes por acaso.

  • Exemplo: “I ran into my old friend from college at the supermarket.”

Exemplos Práticos

Para entender melhor como a gramática inglesa funciona na prática, aqui estão alguns exemplos:

Exemplo 1: Concordância nominal

  • Incorreto: The cat is playing with they toys.
  • Correto: The cat is playing with its toys.

Explicação: “Cat” é singular, então o pronome possessivo “its” deve ser usado em vez de “they”, que é plural.

Exemplo 2: Concordância verbal

  • Incorreto: She don’t like to eat vegetables.
  • Correto: She doesn’t like to eat vegetables.

Explicação: “She” é singular, então o verbo “like” deve ser conjugado para o singular, “doesn’t”.

Exemplo 3: Phrasal verb

  • Incorreto: I always look after my children.
  • Correto: I always take care of my children.

Explicação: “Look after” é um phrasal verb que significa cuidar de alguém ou algo, mas nesse contexto, “take care of” é mais adequado.

Dicas para aprender inglês

Aqui estão algumas dicas para ajudar você a aprender e melhorar seu inglês:

  1. Pratique regularmente: A prática é fundamental para melhorar suas habilidades em inglês. Tente praticar todos os dias, mesmo que seja apenas por alguns minutos.
  1. Leia em inglês: Ler livros, artigos e notícias em inglês pode ajudar a melhorar sua compreensão e vocabulário.
  1. Assista a filmes e programas em inglês: Assistir a programas em inglês pode ajudar a melhorar sua compreensão oral e pronúncia.
  1. Converse com falantes nativos: Encontrar um falante nativo para conversar pode ajudar a melhorar sua fluência e pronúncia.
  1. Use aplicativos e recursos online: Existem muitos aplicativos e recursos online que podem ajudá-lo a aprender inglês, desde aplicativos de vocabulário até cursos completos.
  1. Faça aulas particulares: Se você tem dificuldade em aprender inglês sozinho, pode ser útil fazer aulas particulares com um professor.
  1. Pratique em situações reais: Tente usar o inglês em situações cotidianas, como pedir comida em um restaurante ou pedir informações na rua.
  1. Busque aulas de acordo com o seu nível de inglês. Caso esteja iniciando, encontre cursos para iniciantes.
  1. Faça perguntas em inglês: Essa é uma forma prática de treinar o seu aprendizado diariamente.

Dicas para Aprender Gramática Inglesa

Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a aprender gramática inglesa:

  • Aprenda a estrutura básica das frases: Aprender a estrutura básica das frases em inglês pode ajudá-lo a entender como as palavras se relacionam na frase.
  • Aprenda os tempos verbais: Aprender os tempos verbais em inglês pode ajudá-lo a entender quando as ações ocorrem e como elas se relacionam umas com as outras.
  • Leia em inglês: Ler em inglês pode ajudá-lo a ver como as palavras são usadas na prática e a entender as regras gramaticais.
  • Pratique com exercícios: Existem muitos exercícios online e em livros que podem ajudá-lo a praticar as regras gramaticais em inglês.
  • Peça feedback: Peça a alguém para revisar sua escrita e conversação em inglês e fornecer feedback sobre seus erros e pontos fracos.

Aprender gramática inglesa pode parecer intimidador no começo, mas é uma habilidade essencial para quem quer se comunicar efetivamente em inglês. 

Conhecer as partes da gramática inglesa, as regras e exemplos práticos pode ajudá-lo a entender melhor a estrutura da língua e a melhorar suas habilidades de comunicação. 

Com prática e dedicação, qualquer um pode aprender gramática inglesa e se tornar um comunicador confiante em inglês.

Esse artigo foi útil para você? 🤔
Deixe seu comentário!

Nos siga:

Seu Idioma

Seu Idioma

Equipe de redação da Seu Idioma. Todos os conteúdos são revisados por professores e atualizados periodicamente.

Separamos mais esses artigos para você:

6 comentários em “Gramática Inglesa: Guia completo – Regras, exemplos e dicas”

  1. Inglês Turbinado - Aprenda Inglês

    Realmente um dos melhores conteúdos sobre o tema, bem completo e rico em exemplos! Parabéns!

  2. Adorei esse guia, até salvei na minha tela inicial, tenho 13 anos e eu to destinada a aprender inglês sozinha! Um dia eu chego lá e sim esse guia foi muito útil! 😀

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

É por isso que você não aprende inglês...

Reproduzir vídeo