Área de alunos

Idiomas no Local de Trabalho: como funciona

Com o avanço da globalização e dos cenários empresariais cada vez mais diversos, torna-se importante entender como lidar com os idiomas no local de trabalho. Afinal de contas, esse é um recurso determinante para a comunicação e a inclusão.

Seja do ponto de vista empresarial ou dentro de uma estratégia de carreira, há uma série de orientações novas no mercado que precisam ser seguidas para se criar uma qualificação dentro dessas dinâmicas.

A capacitação profissional, por exemplo, sempre foi um fator importante e, nos dias de hoje, com o avanço do acesso às universidade e cursos, tornou-se um fator decisivo para conseguir uma boa colocação nesses cenários.

Seja como for, o desenvolvimento de uma técnica, de uma expertise em ferramentas inovadores ou, até mesmo, em uma nova língua, podem trazer um teor muito mais interativo com as demandas das empresas de uma forma geral.

Já do ponto de vista das empresas, a busca por uma integração cada vez mais sólida com as tendências do mercado global pode ser bastante importante, sobretudo com base nos avanços das dinâmicas digitais.

Por exemplo, ao compreender as dinâmicas de legislação de trânsito dentro do Mercosul, uma empresa emplacadora de veículos pode expandir seus negócios para além das fronteiras nacionais.

Contudo, é preciso saber quais são as especificidades culturais, técnicas e de idiomas dos países vizinhos. Nesse sentido, a busca por uma orientação cada vez mais sólida de comunicação pode ser importante.

Garantir, nesse sentido, uma equipe diversa e com uma bagagem cultural e de idiomas pode ajudar a consolidar algumas perspectivas e, inclusive, inibir algumas gafes dentro de todos esses contextos.

O que você vai ler neste artigo:

Inscreva-se

Entre para a próxima turma de inglês com desconto exclusivo

Preencha para continuar

*Campo obrigatório

As escolas de inglês não querem que você conheça esse método!

Facilite com o Método RRSLG estudando 30 minutos por dia.
Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo

Globalização e a barreira linguística

Desde o surgimento da língua falada, há uma série de variações importantes que foram acontecendo no curso da história. Sendo assim, todas essas derivações passaram a criar novos idiomas.

Nesse caso, é possível pensar em todos os desdobramentos do latim para o galego, o que, posteriormente, deu origem à língua portuguesa e, também, às variações ibéricas, como o espanhol e o catalão.

A influência desse idioma a partir do Império Romano foi tão definitiva para a história da humanidade que, até mesmo, o romeno possui uma forte origem nesses idiomas.

Baseando-se nisso, é possível perceber que há uma grande variedade de línguas no mundo e, por isso mesmo, quando se fala em globalização, é preciso saber, também, como lidar com essas barreiras.

Atualmente, devido ao avanço da economia estadunidense e, também, da forte hegemonia colônia da Inglaterra, o inglês passou, por convenção, a ser o idioma mais utilizado no cenário global.

Nesse sentido, um serviço de fisioterapia domiciliar aplicada ao idoso com atendimento para estrangeiros, certamente, buscará profissionais da área falantes do idioma inglês.

No entanto, apesar dessa ser uma convenção importante no mercado, há uma variedade bastante grande de contextos a serem considerados, sobretudo quando o assunto é expansão empresarial na América Latina.

Atualmente, uma grande variedade de startups brasileiras estão em busca de expandir sua atuação para outros países das Américas e, por conta disso, o espanhol passou a ser uma perspectiva importante.

Apesar do inglês ser um fator consumado nesse território, considerar o idioma local pode ser um grande diferencial.

Há, também, nesse caso, uma consideração cultural a ser feita. Afinal de contas, uma abordagem de marketing para vender cortina sob medida pode ter uma característica na Argentina, mas possuir outra na Guatemala.

Com base em tudo isso, é possível perceber que a introdução de uma empresa no cenário internacional precisa, sim, de uma consideração cada vez maior a respeito do desenvolvimento de idiomas.

Um outro fator a ser considerado, também, é o avanço cada vez maior a respeito da atração de profissionais para o mercado brasileira, seja do ponto de vista de imigração permanente ou temporária.

Isso tem a ver, também, com o forte apelo dos blocos econômicos dos quais o Brasil é signatário, como é o caso do BRICS.

Esse é um elemento que movimenta uma série de setores e, dentro de uma academia, um personal trainers para emagrecimento que fala outro idioma pode ser um grande diferencial.

Por que aprender um novo idioma?

Com base em todos esses contextos empresariais, é possível perceber um mercado de trabalho cada vez mais orientado para uma perspectiva de globalização em suas atuações.

Saber, portanto, falar um novo idioma pode trazer algumas perspectivas importantes na hora desse profissional ser considerado para uma nova função ou, até mesmo, para ser contratado.

Atualmente, o inglês passou a ser um lugar-comum dentro das empresas. Ou seja, quanto mais o tempo passa, maiores são as exigências a respeito da fluência nesse idioma.

Por isso, saber um terceiro idioma pode ser o ponto fora da curva para lidar com o mercado de forma mais consolidada.

Assim, seja para redigir um manual de uso de uma rosca transportadora de milho para o mercado internacional ou para lidar de forma mais credibilidade com reuniões de negócios, aprender um novo idioma pode ser importante.

Baseando-se em tudo isso, aprimorar um novo idioma pode, sim, ter uma grande influência dentro de um contexto de crescimento profissional. Alguns de seus principais benefícios são:

  • Melhora na comunicação;
  • Aumento salarial;
  • Consideração para novos cargos;
  • Maior integração com o mercado.

Todos esses pontos são determinantes para quem busca um crescimento dentro dessas instâncias e, por isso, é preciso saber como interagir com cada um desses aspectos.

Assim, um simples fornecimento internacional de pallet em polietileno pode trazer uma perspectiva profissional de ainda mais credibilidade para um profissional.

Comunicação no ambiente de trabalho

Falar outro idioma, também, pode ajudar em uma diversidade bastante grande de contextos. Afinal de contas, a comunicação não é um fator a ser considerado só do ponto de vista externo.

Como é possível perceber, diante de todas as perspectivas econômicas globais, uma empresa pode receber profissionais do mundo todo.

Em uma lógica sazonal de produção, por exemplo, é bem provável que esse profissional novo não conheça o idioma local e, portanto, é preciso criar uma dinâmica de comunicação para integrá-lo ao ambiente.

Assim, seja para melhorar a produção de um piso de LED para festa ou para fechar algum tipo de exportação, comunicar-se em um idioma comum pode ser determinante.

Afinal de contas, qualquer ruído comunicacional dentro desses aspectos pode botar tudo a perder, sobretudo do ponto de vista de negócios mais complexos.

Principais idiomas usados no mercado

Para compreender a importância de um idioma dentro do mercado de trabalho, é essencial entender a influência da língua dentro de uma perspectiva econômica no cenário global e, também, específico de atuação.

O inglês, nesse caso, passou a ser um lugar-comum por conta de uma diversidade bastante grande de convenções que o coloca em um cenário de comunicação quase uniforme dentro do mercado.

Contudo, ao considerar os aspectos multipolar da economia e, também, os avanços de alguns países no cenário internacional, torna-se importante saber quais outros idiomas a serem considerados:

  • Espanhol;
  • Mandarim;
  • Árabe;
  • Francês;
  • Alemão.

De uma forma geral, o espanhol é determinante para quem deseja negociar com a América Latina e, como o Brasil está inserido nesse contexto, esse pode ser um ponto determinante.

Seja do ponto de vista do recebimento de turistas a partir de uma pesquisa por oficina mecânica mais próxima ou de expansão do negócio, esse é um fator relevante.

Já o mandarim tem a ver, justamente, com o crescimento da economia chinesa e, também, do vasto número de falantes dessa língua.

Além disso, há uma diversidade bastante grande de empresas chinesas construindo algumas perspectivas no cenário global.

Já o árabe tem a ver com um idioma falado em uma série de países. Do estreito de Gibraltar ao Golfo Pérsico, há uma diversidade de nações falantes desse idioma.

Além disso, alguns dos países mais importantes no cenário global do petróleo possuem o árabe como língua originária.

O francês, nesse caso, tem a ver, sobretudo, com o grande número de nações colonizadas pelo país no mundo e, portanto, falantes desse idioma. O francês foi, também, uma língua franca antigamente e, além disso, é um idioma cujo destaque e importância nos cenários político e diplomático global são importantíssimos, bem como o é, também, por exemplo, na literatura, nas artes e na moda.

Para além desse fato, é possível, também, entender a França como um dos países mais relevantes no cenário global.

Por último, o alemão, apesar de ser um idioma bastante local, é fundamental por conta do grande número de empresas multinacionais oriundas dessa região.

Considerações finais

Diante de uma globalização cada vez maior do mercado, torna-se importante saber como lidar com a grande diversidade de idiomas no mundo.

Seja do ponto de vista das empresas ou sob uma perspectiva profissional, entender a respeito dessa diversidade é importante.

Portanto, ao fazer uma análise a respeito dos idiomas da economia global, torna-se mais fácil saber quais caminhos seguir.

O importante, nesse caso, é sempre buscar capacitação dentro dessa área para gerar algum tipo de destaque no mercado.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento , onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Seu Idioma Notícias

Seu Idioma Notícias

Equipe de redação da Seu Idioma. Todos os conteúdos são revisados por professores e atualizados periodicamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

Aprenda inglês ainda em 2024 com Método EXCLUSIVO...

Aprenda inglês ainda em 2024 com Método EXCLUSIVO...